quinta-feira, maio 31, 2007



o quarto está vazio
dum vazio habitado
por assombros que não partem

(ecos
da solidão)

5 comentários:

diovvani mendonça disse...

Nada de importante meu caro...
Qdo puder, envie-me e-mail no diovvani@yahoo.com.br
Abraço.

cm disse...

vazio...murmúrios de sombras errantes...que nos moldam os dias...
sempre

Maria disse...

Tuas memórias baldias...Eu gosto !!!

Pequena Poetiza disse...

lindas tuas memórias
princiaplmente cada arte q deixa junto com as memórias escritas

belo blog

“Nenhuma sorte constitui um mero acaso...
e a vida a tua frente só devolve o que lhe deste e nada, nada mais"
(GOETHE)

Bjos da -=Þëqµëñä Þö놡zä=- !!!

Fernanda Passos disse...

Aliás, a solidão é sempre uma companhia. Mesmo quando estamos solitários.Não é isso? ;)