terça-feira, maio 08, 2007


com os pés molhados de chão molhado de chuva
cantigas-de-roda, éramos sorrisos
irmãos e primos fazendo da vida
um pedacinho de sonho
bom de sonhar.

3 comentários:

diovvani mendonça disse...

Não sei se já lhe disse. Tenho lá em casa uma Árvore dos Poemas. Vou engarrafar alguns dos seus, para serem frutos-poemas. Assim poderão ser colhidos (e lidos) pelos meus amigos na sombra da árvore. AbraçoDasMontanhas.

cm disse...

correr o mundo num papagaio onde cabem todos os olhares...e os amigos

Fernanda Passos disse...

Reminiscências............lindas e necessárias.