quinta-feira, abril 10, 2008







- por que a casa está vazia de tanto silêncio? por que a mamãe não está aqui pra dizer boa-noite?
- precisamos dormir, que o anjo da guarda virá.
- sonharemos com a felicidade de antes?
- o que sei sobre os sonhos?
- você é meu irmão mais velho.
- eu tenho medo de não mais saber sonhar. já é tarde e precisamos dormir, é só o que sei.
- se não sabes, o que saberei?
- os sonhos morrem.
- foram embora com a nossa mãe?
- os sonhos ficam.
- dentro dos olhos, é isso?
- nas memórias. e nos sorrisos que chegam com elas.
- feito ciranda?
- feito arco-íris. pirilampos. e o luar.
imagem de m. ledesma

6 comentários:

Juliana Caribé disse...

Ai, ai... Será que sonhos morrem mesmo... Eu já não sei se sei acreditar neles. O que me frustra, porque acho que, quando se deixa de sonhar, perde-se a beleza de viver.

Beijos.

Camilinha disse...

Sonhos? Que sonhos?

Beijos daqui...

Rafael disse...

aconselho anotá-los numa caderneta, se me permitem.

Leila Saads disse...

Como são lindas suas palavras!
Amei o blog e suas sensíveis crianças. Amei o colorido das gravuras. POde linkar?

:*

Fabrício Persan disse...

é preciso esquecer tudo. E depois sonharemos melhores sonhos, viveremos melhores eles.
VC vai ver como tdo vai ser mais desfrutável. rs
abço. lindo blog

Francine Esqueda disse...

Obrigada pela visita no meu cantinho!!
É um prazer receber você por lá... E que bom que recebi elogios!
Adorei mesmo seus blogs, estou voltando e quanto a estas memorias... estou surpresa! Tudo aqui é lindo e mágico! parabéns!
Beijos e volte sempre!